sexta-feira, 26 de outubro de 2012

O que deve ter em mente antes de ter um animal de estimação.



Quando vamos a uma loja de animais ou vemos algumas fotografias de animais pequeninos ficamos encantados com os seus olhinhos meiguinhos e as sua patinhas pequeninas. São tão fofinhos que decidimos logo ter um. E procuramos forma de obter um companheiro para fazer festinhas e dar miminhos.....
Muito bem esta a forma muito bonita de encarar a questão. No entanto nunca tome a decisão de ter um animal de estimação só porque é muito fofo e engraçado..... Antes de tomar esta grande decisão pare e pense de forma racional, sobre tudo o que está envolvido em ter um companheiro do reino animal.


Um animal de estimação tem sentimentos e necessidades que tem de ser levadas em conta. Todos os animais precisam de carinho dos seus donos e dependendo do tipo de animal que escolheu ter, existem necessidades físicas que não pode ser ignoradas. Por exemplo se decidiu ter um cão deve lembrar-se de que terá de o passear regularmente para fazer as suas necessidades e também para fazer exercício. Há animais que precisam de maior actividade física do que outros. Relativamente ao pelo também há raças que precisam de mais cuidados do que outras. Animais com pelo comprido devem ser escovados diariamente para não ganhar nós no pelo e poderá haver a necessidade de cortar e fazer tratamentos específicos conforme o tipo de animal. Tem de ter o cuidado de dar ao seu animal de estimação a alimentação adequada a sua raça e idade. Os animais precisam de atenção, carinho e brincadeira. Nunca ignore o seu bichinho....
Por isso ao decidir o tipo de animal que quer ter informe-se de forma completa sobre todas as características da raça e de tudo o que deverá fazer para o seu bem estar, físico e emocional.




Se for uma pessoa que viaja regularmente, pense no que fará com o seu companheiro. Se o puder levar consigo é óptimo. Mas nem sempre isso será possível. Pense no que fará nessa situação. Tem alguém de confiança que pode cuidar dele na sua ausência? Se não poderá recorrer a um hotel para animais. Conheço algumas pessoas que já recorreram a esse meio de acolhimento para os seus animais e ficaram satisfeitos. Claro que sempre é melhor ter alguém de confiança a cuidar do bichinho. 


Quando tiver decidido o tipo de animal de estimação que quer. Como é que o vai adquirir? Vai comprar ou adoptar?
A adopção é um acto de carinho para com um animal abandonado. É proporcionar afecto, amizade, conforto e muito mais a um animal que provavelmente, já passou por maus momentos. Informe-se junto a associações sobre a adopção. Se quer um animal com certas características, pode pedir junto as organizações, se têm algum animal para adopção que reúnam os requisitos que quer. Pode ser que consiga..... Ao adoptar não gasta dinheiro e está a ter uma atitude solidária.
Seja como for quer adopte quer compre um animal lembre-se de algo muito importante. Um animal de estimação é um companheiro para toda a vida. E temos a obrigação de o tratar com respeito carinho e amizade.



Mas como o imprevisto surge a todos. Pode acontecer algo de inesperado, que leve a que se torne impossível continuar a cuidar do seu bichinho. Aconteça o que acontecer NUNCA, MAS NUNCA, ABANDONE O SEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO. Tente encontrar alguém que cuide dele, ou contacte uma associação que o possa recolher. 

Entretanto se tem ou decidiu ter um companheiro do Reino Animal, desfrute da sua companhia, cuide bem dele, que com toda a certeza vai ser bem recompensado com a sua amizade e carinho.


(O texto é da minha autoria. As fotos são do meu arquivo e foram retiradas do Google. No entanto se for o autor de alguma foto por favor diga que eu ponho os devidos créditos)

18 comentários:

  1. Tenho 2 cadelas, a mais velha já matou outra que embora mais pequena tinha mais idade e seria a dominante.
    Agora é uma grande chatice. Temos deprender uma e soltar a outra.
    Está a tornar-se insuportável.
    Abandonar não é opção, mas nãoconsigo encontrar quem adote a mais novo.
    Darei em maluca ou lá terei de sacrificar um animal, que alternativas tenho?
    Adoro animais , mas a situção é desesperante.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pérola.
      Já pensou em contactar uma instituição e expor o seu assunto? É uma situação muito complicada mesmo. Também há lojas de animais que ficam com eles e tem-nos na loja para adopção (aqui no Porto já vi em algumas). Tento numa que fique perto de si. Espero que resolva rapidamente o assunto. Beijinhos

      Eliminar
  2. Concordo! Animais não são brinquedos que se utilizam e jogam fora. Nunca é de mais recordá-lo.
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Lena, adorei teu post e concordo com cada palavra, é preciso antes de tudo muita responsabilidade...semana passada alguém deixou no meu portão uma gata prenhe, já entrei em contato com a associação de proteção aos animais para iniciar o processo de doação dos filhotinhos.
    Este ano adotei um filhote felino que encontrei vagando numa avenida da minha cidade, ela agora está com aproximadamente 8 meses e é super linda, carinhosa e brincalhona.
    Bjos e ótimo final de semana.
    Sílvia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Silvia.
      Fico muito contente pela sua atitude carinhosa para com os animais que precisam. É essa a atitude a adotar, parabéns.
      beijinhos.

      Eliminar
  4. Bom Dia, Lena!
    Estou doida para comprar um cachorrinho para mim, rs o meu grande problema é que meu marido não gosta. \:

    Beijos, e um ótimo fim de semana.

    http://www.noivadoedgar.blogspot.com.br/

    https://www.facebook.com/thestyleofhislove

    ResponderEliminar
  5. Post ótimo, lena, cheio de informações importantes. Temos aqui um cãozinho da raça Yorshire, de 5 anos, e somos completamente apaixonados por ele. Eu não conhecia esse amor incondicional, até que ele veio pra me "mostrar", pra me fazer viver;)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  6. Olá Lena
    Ter um animal em casa precisa mesmo reflecti bastante antes.Eu e João queríamos um cão,depois decidimos por um coelho.Estamos super felizes com nossa Mine,ela é um doce,quer sempre carinho e vem ao nosso colo,todas as noites soltamos da sua gaiola e ela corre para todo lado.Mas,como nada é perfeito,ela roi todos os fios cá de casa,é uma "bandida",mesmo assim eu e João amamos nossa Minie. Quando viajamos,tenho uma vizinha que se ocupa dela.bjkas

    ResponderEliminar
  7. Por isso não pego um animal de estimação. Passo o dia fora. Deixar o coitado sozinho dentro de casa me dá uma pena. Não tem condições. E a casa fica só. Imagina! Quando eu chegasse não teria mais nada em pé também...rsrs... Deixa para aqueles que tem paciencia e muito amor.
    Beijos
    Adriana

    ResponderEliminar
  8. Os cães duram cerca de 10/12 anos, os gatos aguentam bem 17 ou 18 anos... pensem nisso quando resolverem adoptar.

    ResponderEliminar
  9. I love animals!!!


    NEW OUTFIT POST
    http://www.cheapandglamour.com/2012/10/rock-outfit-skulls-and-bow.html

    ResponderEliminar
  10. Oiiii Lena, eu adotei há 8 anos uma cadelinha vira-lata, é como se fosse minha filha, sou apaixonada por ela e ela por mim, eu só peco por não levá-la pra passear e sei que ela adora, tadinha. Preciso rever esse meu lado de mãe de bichinho de quatro patas que tbm precisam de lazer fora de casa.
    BjoBjo;)
    Celina Alves
    Luxos e Luxos

    ResponderEliminar
  11. Essas informações sao muito importantes... não podemos simplesmente pensar em ter uma nimalzinho, devemos lembrar que é um assunto sério! minha cachorra é como uma filha para mim!! Amo demais!!

    Bju Bju http://peruaclassemedia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  12. Aqui em casa somos apenas eu e meu marido pra tudo, já que nossos amigos e parentes moram distantes, por isso sou doida para ter um cãozinho, uma criaturinha linda a mais para cuidar e fazer companhia, mas penso no que faria com ele durante nossas viagens e por isso não tenho coragem de deixar só, prefiro não criar um por enquanto. Beijos =*

    ResponderEliminar
  13. Olá! Adorei o post...muito importante falar sobre isso, pois acontece muito! Mais do que a gente imagina, conheço casos!
    Beijos e te desejo um ótimo final de semana!
    CamomilaRosa

    ResponderEliminar
  14. Amiga que texto fantástico! São dicas, recomendações primordial na escolha de um animal. Antes de termos um animal temos que estudar toda a estrutura do nosso lar e fazer uma introspecção se somos capaz de cuidar de outro ser.

    Adorei mesmo!

    Enorme beijo, pesado de tanto carinho!
    Fim de semana regado a afeto.
    Lorena Viana

    ResponderEliminar

Os comentários tornam o blog mais acolhedor e animado. Por isso obrigado por partilhar a sua opinião. Agradeço a sua visita e sempre que tiver oportunidade volte para ver as novidades......

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo do blogue

As imagens deste blog são retiradas da internet. Salvo raras excepções de algumas que tenho em arquivo há muito tempo, tem a fonte de onde foram retiradas. Se for o autor de alguma delas e não estiver de acordo com a sua publicação ou quer o devido crédito por favor entre em contacto comigo.

Para quem gosta de ler e não so... Do grupo Porto Editora...