sábado, 26 de novembro de 2011

Usar o telemóvel faz mal a saúde?



O telemóvel hoje tornou-se numa peça fundamental do nosso quotidiano. Muitas pessoas não passam sem ele e para muitos é imprescindível para trabalhar. Será que realmente o telemóvel pode trazer prejuízos para a saúde de quem o utiliza? 


Muito se tem falado e especulado sobre este assunto. Ainda recentemente vi uma reportagem na tvi sobre este assunto que vale a pena rever.


















As opiniões dividem-se. Há quem defenda que o uso de telemóveis e as radiações electromagnéticas não são prejudiciais a saúde e há os que afirmam que existem riscos para a saúde com o uso excessivo de telemóveis. Por exemplo leia o jornal do centro de saúde  de carnaxide. Numa opinião diferente encontrei um artigo interessante no JN que vale a pena ler..  E um blog muito interessante com um artigo que nos deve fazer pensar, esse blog nasceu como finalidade  de protestar contra a  colocação de antenas de telemóveis junto a habitações leia o artigo...



Tudo indica que o problema estará no uso abusivo do telemóvel. Há pessoas que passam horas ao telemóvel. Como referido num dos artigos citados, uma coisa é estar esporadicamente exposto a radiação solar outra é estar horas exposta. Por isso uma coisa é usar o telemóvel para algumas chamadas, outra é estar literalmente horas com ele na orelha.
O que eu acho bem mais problemático são as antenas perto das casas, onde a quantidade de radiações é muito maior. 
Sobretudo não esqueça algo de muito importante, que negligenciado pode trazer graves problemas e até a morte. NÃO FALE AO TELEMÓVEL NEM ENVIE MENSAGENS QUANDO ESTIVER A CONDUZIR!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários tornam o blog mais acolhedor e animado. Por isso obrigado por partilhar a sua opinião. Agradeço a sua visita e sempre que tiver oportunidade volte para ver as novidades......

As imagens deste blog são retiradas da internet. Salvo raras excepções de algumas que tenho em arquivo há muito tempo, tem a fonte de onde foram retiradas. Se for o autor de alguma delas e não estiver de acordo com a sua publicação ou quer o devido crédito por favor entre em contacto comigo.